Mantenedores de espaço

Perda precoce de dentes decíduos é um dos fatores etiológicos pós natais intrínsecos das maloclusões , que ocasiona desarmonias oclusais (Lino).

  
Dentes envolvidos com as perdas precoces deslocam-se de suas posições de equilíbrio com movimentações indesejáveis em direção aos espaços das perdas, fechando-os (Vigorito).

     

O permanente que iria erupcionar, naquele espaço, fica impactado ou apresenta desvios em suas posições, gerando maloclusões (Vigorito).

Prevenção – dispositivos estáticos: recursos de manutenção de espaço

Finalidades:
- preservar a integridade da oclusão;
- manter os dentes envolvidos em suas respectivas posições;
- preservar o espaço resultante da perda precoce do dente decíduo e
- permitir que o dente permanente erupcione em posição normal (Vigorito).

Perdas precoces de dentes decíduos, regiões:
1. anterior
2. posterior

1. Região anterior: não haveria necessidade de se indicar mantenedores (não há perdas de espaço); a indicação seria para correção de problemas estético-psicológicos e musculares.

2. Região posterior: perdas de espaço pela mesialização dos dentes permanentes; depende de qual dente perdido 1° ou 2° molar decíduo;
 


Muitas vezes apenas a simples observação e medição do espaço para se verificar ou não o fechamento do mesmo.

Rotina clínica seria uma boa conduta; mantenedores de espaço anteriores ou posteriores; em todos os casos de perdas precoces de decíduos.

Vantagens dos dispositivos removíveis estético-funcionais:
1. preservam o espaço e mantêm os dentes vizinhos adjacentes nas suas posições;
2. impedem a extrusão dos dentes antagonistas;
3. são estéticos;
4. funcionais;
5. fácil higienização;
6. fácil construção.


Diagnóstico:
1. Exame clínico: verificar a perda precoce ocorrida ou a ocorrer.

2. Modelo de estudo: avaliar a oclusão em todos os seus detalhes e determinar a discrepância de modelo (espaços presente e requerido).


3. Radiografias intrabucais: observar a presença dos dentes permanentes sucessores e medir as dimensões dos diâmetros mésio distais dos dentes intra­ósseos (determinação do espaço presente).

Indicados se houver espaço suficiente para a erupção dos dentes permanentes; perda de espaço (discrepância de modelo negativa) necessidade de aparelho recuperador de espaço


Mantenedores de espaço:
1. removíveis;
2. fixos e
3. semi-fixos

1. Removíveis
Definição: são aparelhos passivos que se estendem as regiões onde ocorreram perdas precoces de dentes.

 Tipos:
- funcionais;


- estéticos funcionais

    

Indicação: sempre que se perde um dente decíduo antes do período que ocorreria em condições normais, predispondo a uma maloclusão.

  2. Fixos:

Banda alça


Estético funcional fixo

     


Arco lingual de Nance


Botão de Nance


Barra Palatina

3. Semi-fixos:

Placa lábio ativa (PLA)


Arco extra bucal (AEB)

 


Referências Bibliográficas:

Inoue N., Ching H. K., Ito G., Shiono K., Kuragano S., Kamegai T., Seino Y., Yuyama Y., Takagi O., and Taura K. Influence of tooth to denture base discrepancy on space closure following premature loss of deciduous teethAJO-DO, 1983, May, Vol. 83 N. 5 p.428 - 434.

Kurol J. & Bjerklin K. Treatment of children with ectopic eruption of maxillary first permanent molar by cervical traction   AJO-DO, 1984, Dec, Vol. 86, N. 6, p. 483 - 492.

Lino, A. P. Ortodontia Preventiva Básica: 1a ed. São Paulo, Artes Médicas, 1980.

Moyers, R. E. Ortodontia: 3a ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1979.

Posen, A. L. The effect of premature loss of deciduous molars on premolar eruption  The Angle Orthodontist; 1965, Jul, Vol. 35 N. 3 p. 249–252.

Sleichter, G. G. The influence of premature loss of deciduous molars and the eruption of their successors  The Angle Orthodontist: 1963, Oct, Vol. 33, N. 4, p. 279–283.

Vigorito, J. W. Ortodontia: clínica preventiva, 2a ed. São Paulo, Artes Médicas, 1986.